Cirurgia Refrativa Personalizada: Miopia, Astigmatismo e Hipermetropia

14

O que é Cirurgia Refrativa?

A cirurgia refrativa é o nome dado às cirurgias para corrigir os erros refrativos (miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia). Por definição é indicada quando o paciente tem dependência dos óculos e com a cirurgia eliminará ou diminuirá está dependência.

A visão nítida é resultado da focalização das imagens na retina. Quando a imagem não é focalizada sobre a retina, a visão não é nítida, estabelecendo-se, assim, os diferentes erros de refração.

A cirurgia refrativa é um procedimento considerado seguro que dispensa a necessidade de internação, a anestesia é tópica (colírios) e o procedimento cirúrgico é realizado pelos aparelhos: Pentacam HR© (OCT e mapeamento da córnea para realização da cirurgia personalizada), LenSx® Laser System (Femtosecond para realização do Flap a Laser), Wavelight® Ex500 Excimer Laser para correção do grau (laser que aplica o grau no olho).

lensx
LensX Laser System

Controlado pelo computador, os pulsos do laser removem tecido da córnea com grande precisão, modificando sua forma. Isto permite a formação de imagem nítida no local adequado da retina. Na correção da miopia, a curvatura da córnea muito acentuada é mudada através da retirada de camadas microscópicas tornando-a mais plana. O astigmatismo é corrigido da mesma forma, com o tratamento da córnea no eixo mais curvo. Na hipermetropia o laser remove tecido da periferia, aumentando a curvatura da córnea.

Dúvidas sobre cirurgia refrativa? Fale com um especialista:

duvidas-honm-refrativas

Tipos de Cirurgias Refrativas

A mudança na curvatura da córnea pode ser obtida através da aplicação de Ex500 Excimer Laser na sua superfície. Controlado por computador, pode retirar camadas de tecidos com precisão microscópica. Essa precisão permite até esculpir um fio de cabelo mantendo intactas as áreas adjacentes. Foi aprovada, em 1995, nos Estados Unidos pelo FDA e no Brasil pelo Conselho Federal de Medicina. Já tratou mais de 5 milhões de pessoas só nos Estados Unidos.

As técnicas cirúrgicas com Wavelight® Ex500 Excimer Laser são:

EX500SideView2-300x281

Lasik – Laser in situ Ceratomileusis

A aplicação do Laser ocorre após o levantamento de uma camada superficial da córnea, cujo flap é realizado a Laser. Utiliza-se um instrumento preciso para confeccionar uma fina camada de tecido corneano, a lamela. Esta lamela ou Flap será levantada como uma “tampinha de laranja” e após a aplicação do laser será reposicionada, mantendo a integridade da superfície ocular, proporcionando recuperação visual extremamente rápida além de conforto ao paciente. O Flap é confeccionado com o LenSx® Laser System, que é o laser de femtosegundo.

O cirurgião utiliza o Ex500 Excimer Laser para remover uma quantidade pré-determinada de tecido corneano remodelando sua curvatura e assim removendo o grau. O tempo de aplicação de laser propriamente dito é de segundos por olho, corrigindo graus de miopia, de hipermetropia e de astigmatismo. A cirurgia é feita com anestesia tópica, ou seja, com colírios.

O paciente vai para casa imediatamente após o procedimento, usando óculos escuros e colírios.

cirurgia-refrativa

PRK – Photorefractive Keratectomy

É uma técnica onde o Ex500 Excimer Laser é aplicado sobre a córnea após a retirada do epitélio (camada superficial de células). Sua grande vantagem é a simplicidade, no entanto é mais desconfortável e a recuperação visual é mais lenta, porém o resultado final se assemelha ao Lasik.

PRK - Photorefractive Keratectomy

A cirurgia é feita com anestesia tópica, ou seja, com colírios. Hoje PRK é a técnica de escolha em córneas finas e casos limítrofes devido a maior estabilidade da córnea quando se faz um tratamento de superfície.

Cirurgia Refrativa 100% a Laser Personalizada

A Cirurgia Refrativa Personalizada é um tratamento de cirurgia refrativa 100% a laser que graças à tecnologia da Topografia de Segmento Anterior Pentacam HR© que faz um exame de última geração para avaliar não só a córnea, como a câmara anterior do olho, a íris e o cristalino. Este aparelho usa uma máquina fotográfica rotacional que analisa as estruturas do olho em 25.000 pontos medidos, gerando imagens tridimensionais precisas.
Figura 1: Pentacam® HR

Cirurgia Refrativa Personalizada

Essas imagens permitem uma análise detalhada da córnea aumentando a segurança na indicação da cirurgia refrativa personalizada e determinando a melhor técnica a ser usada. Este também possui a ferramenta mais completa para diagnóstico de ectasia corneana e sua susceptibilidade, o Belin/Ambrosio Enhanced Display (BAD), o que demonstra inúmeros índices de segurança na cirurgia refrativa.

A cirurgia refrativa personalizada visa resolver erros refrativos como miopia, astigmatismo e hipermetropia. A cirurgia é considerada segura, feita com equipamentos modernos que permitem o procedimento a laser. A anestesia é tópica e aplicada por meio de colírios, e ainda não há necessidade de internação.

Essa simplicidade só é possível devido ao uso de modernos aparelhos como o Excimer Laser Ex500, que é considerado o mais avançado da atualidade, capaz de corrigir 1 grau a cada 1,4 segundo, sempre na técnica da Cirurgia Refrativa Personalizada. Com esse aparelho, o oftalmologista pode controlar a espessura da córnea durante o ato cirúrgico.

O procedimento pode ser controlado minuciosamente pelo computador, e assim, os pulsos do laser removem tecido da córnea com precisão.

A principal característica da Cirurgia Refrativa Personalizada é que neste procedimento há uma programação específica para cada paciente, de acordo com o mapeamento ocular de cada olho. Essa personalização é importante porque o olho de cada paciente apresenta características peculiares, pode apresentar mais de uma doença ocular e outras aberrações ópticas.

Observações

A cirurgia a laser aplica-se à maioria das pessoas desde que satisfaça alguns critérios, como:

• No mínimo 18 anos de idade;

• Córneas saudáveis;

• Pouca alteração do grau nos últimos doze meses;

• Ausência de gravidez;

• Existem algumas condições médicas em que a cirurgia não é recomendada (consultar médico oftalmologista).

Correção da Presbiopia a laser

Uma das estratégias mais seguras para a correção da presbiopia seria a mono visão clássica com indução de miopia no olho não dominante, que é feita de acordo com a idade do paciente. Entretanto o objetivo das foto-ablações para a presbiopia é de preservar, ao menos em algum grau a acuidade visual para longe de modo a facilitar a adaptação do paciente, proporcionando maior independência visual.

As diversas foto-ablações para a presbiopia podem ser realizadas tanto por meio da técnica LASIK com laser de femtosegundo, bem como ablação de superfície.

Se você quiser saber mais sobre cirurgia refrativa, você pode baixar o nosso e-book:

20c

Tecnologias na Cirurgia Refrativa

Wavelight® Ex500 Excimer Laser:

Uma tecnologia alemã que oferece segurança para o seu tratamento. O Wavelight® Ex500 Excimer Laser é um dos mais modernos equipamentos para realização de cirurgias refrativas e corrige enfermidades como miopia, hipermetropia e astigmatismo.

O Wavelight® Ex500 Excimer Laser dá aos cirurgiões a possibilidade de personalizar o tratamento, baseado na refração do paciente, o tamanho da córnea, o tipo de anormalidades e as características do flap.

Além disso, o laser é rápido e permite corrigir uma dioptria em apenas 1,4 segundos. O Wavelight® Ex500 Excimer Laser também está equipado com um rastreador ocular, que garante a precisão da aplicação, independente do movimento dos olhos durante o procedimento.

LenSx® Laser System:

Avançada tecnologia de laser usada para realização do Flap durante a cirurgia refrativa. O procedimento conhecido como fentosecond é o mais seguro e avançado laser para cirurgia refrativa.

Pentacam HR©:

O Pentacam HR©, um exame de última geração para avaliar não só a córnea, como a câmara anterior do olho, a íris e o cristalino. Este aparelho usa uma máquina fotográfica rotacional que analisa as estruturas do olho em 25.000 pontos e permitem uma análise detalhada da córnea aumentando a segurança na indicação da cirurgia refrativa e determinando a melhor técnica a ser usada. Este também possui a ferramenta mais completa para diagnóstico de ectasia corneana e sua susceptibilidade, o Belin/Ambrosio Enhanced Display (BAD), o que demonstra inúmeros índices de segurança na cirurgia refrativa.

Cuidados pré-operatórios

Orientações gerais:

• É recomendável vir acompanhado e é necessário que o acompanhante dirija o carro para você após a cirurgia; pois a visão pode ficar embaçada nas primeiras horas após o procedimento;

• Faça sua higiene ocular normalmente e use roupas confortáveis, não utilize maquiagem e perfume;

• Não utilize lentes de contato no dia da cirurgia. Fique o máximo que puder sem lentes nos dias que antecedem a cirurgia, de preferência de 7 a 10 dias;

• Alimentação normal, de preferência leve;

• Pingue os colírios conforme orientado. Nunca coce os olhos;

• Na noite anterior, fazer higienização facial completa com água morna e sabonete neutro, especialmente nas pálpebras;

• Se fizer uso de medicação sistêmica (oral) não há necessidade de suspendê-las.

No dia da cirurgia

• Não usar nenhuma espécie de creme facial – inclusive creme de barbear, maquiagem, perfume, desodorante perfumado ou qualquer outro produto que contenha álcool ou perfume;

• Repetir a higienização facial da noite anterior (com água morna e sabonete neutro);

• Tomar café da manhã conforme a rotina diária, almoço normal;

• É feita uma limpeza completa no rosto, pálpebras e olhos, conforme assepsia exigida pelo cirurgião;

• A anestesia é realizada com colírios (tópica);

• O paciente entra na sala de Wavelight® Ex500 Excimer Laser e é devidamente identificado diante do médico-cirurgião;

• O médico insere os dados do paciente no sistema e calcula o tratamento exato do laser;

• O paciente é orientado pelo médico quanto à posição correta em frente do equipamento e o ponto luminoso em que deve fixar o olhar;

• O paciente permanece imóvel durante o procedimento que é rápido e indolor;

• O mesmo processo poderá ser realizado, imediatamente, no outro olho, se o paciente assim desejar;

• Imediatamente após a cirurgia o paciente, acompanhado pela enfermeira, deixa o centro cirúrgico, ficando por alguns minutos na sala de descanso;

• A enfermeira colocará no paciente o protetor transparente ou óculos escuros;

• O paciente retira a roupa cirúrgica e é levado à recepção, onde receberá as informações referentes aos cuidados pós-operatórios e às datas para as avaliações da cirurgia.

Cuidados pós-operatórios

• Inicie a medicação recomendada imediatamente após a cirurgia;

• Pingue os colírios até a hora de deitar e reinicie logo ao levantar;

• Tomar banho de chuveiro, lavar o rosto é permitido mas cuide para que não entre água nos olhos;

• Evitar praia, piscina e saunas por pelo menos 1 mês;

• Evite esportes com contato físico, locais com poeira, vento ou fumaça;

• Uso de óculos de sol com proteção ultravioleta é necessário;

• Leitura, televisão, computador ou dirigir, desde que se sinta confortável;

• Ao chegar em casa, tomar analgésico, conforme orientação médica;

• Não dormir sobre o olho operado;

• Não coçar os olhos, nem apertar as pálpebras contra eles.

Lembrete 1: Após as primeiras horas de cirurgia, os olhos poderão lacrimejar, a visão poderá ficar embaçada, dando a sensação da presença de areia nos olhos. Use os colírios para aliviar esses sintomas.

Lembrete 2: Os cuidados pós-operatórios são essenciais para a recuperação do paciente, que deverá respeitá-los conforme o período determinado pelo médico.

Recomendações do pós-operatório

Respeitar a orientação médica, quanto às atividades permitidas e prazo de liberação. Usar óculos escuros aumentando o conforto após a cirurgia. Diante de qualquer sintoma estranho, entrar, imediatamente, em contato com o seu médico. Evitar ar-condicionado, praia, piscina, saunas, práticas esportivas, ambientes poluídos onde há poeira, fuligem, uso de maquiagem e carregar crianças ou animais domésticos. Pode ver televisão, mas a visão, provavelmente, estará embaçada. Não testar a visão, alternando os olhos, porque, automaticamente, ao abrir um dos olhos, o outro será forçado de maneira inadequada. Comparecer aos retornos e consultas previamente agendadas, para que o médico possa avaliar a estabilização e a resposta ao tratamento.

Se você preferir, pode tirar as suas dúvidas. Clique:

duvidas-honm-refrativas

Você tem dúvidas sobre onde fazer a cirurgia refrativa? Acesse a área de atendimento do site, teremos o maior prazer em atendê-lo.
ou Ligue para (038) 99932.4535

RELACIONADOS

tratamentos-de-miopia-pacientes
Tratamentos de Miopia, Hipermetropia, Astigmatismo e Presbiopia
Tratamentos de Miopia A correção da miopia poderá ser efetuada: Pelo uso de lentes divergentes, também chamadas de negativas, na forma de óculos ou lentes…
14c
Exames Refrativos: Miopia, Astigmatismo e Hipermetropia
Exames Refrativos: Miopia, Astigmatismo e Hipermetropia A cirurgia refrativa é um procedimento indicado para a correção da miopia, astigmatismo e hipermetropia. Conhecida pela eficiência da…
02
Miopia - Erros Refrativos
Miopia A palavra miopia vem do grego “olho fechado”, porque as pessoas com esta condição, frequentemente apertam os olhos para ver melhor à distância. A…
03
Hipermetropia – Erros Refrativos
 Hipermetropia – Erros Refrativos O hipermetrope tem baixa visão para perto e longe (vê mal de perto e de longe). Se conseguir enxergar bem de…
03a
Astigmatismo – Erros Refrativos
O olho com astigmatismo tem uma visão imperfeita, tanto para perto quanto para longe. Não tem a percepção nítida dos contrastes entre as linhas horizontais,…
04
Presbiopia – Erros Refrativos
A presbiopia ou “vista cansada”, para a maioria das pessoas, inicia após os 40 anos. Ocorre por uma ineficiência do sistema de acomodação da visão…